quinta-feira, 25 de setembro de 2014

A Maria - O nosso mais "novo" e "antigo" gibão do bando

   Já postamos aqui sobre a chegada da Maria, a Kombi 1960 do Cangaceiro Fábio Nani.

   Enfim os documentos estão quase todos prontos, também pudera, a kombi passou mais de 20 anos parada, literalmente. Dentro de um galpão e debaixo de muita poeira. Pelo tempo sem rodar ela foi "baixada" pelo departamento de trânsito do Espírito Santo, de onde ela era, mas ao menos ela não foi considerada sucata, então é possível "levantá-la" e está quase tudo pronto para ela enfim ser emplacada e poder rodar novamente.

   Nosso amigo Fábio nesse meio-tempo comprou inúmeras peças, para num futuro muito breve deixá-la linda. A cor ainda é uma gostosa e angustiante dúvida para Fábio, mas está bem perto de serem iniciados os trabalhos de funilaria e pintura!

   Enquanto isto algumas fotos das peças e da Maria...


Apesar do tempo e da pintura queimada ela está com a lata muito inteira


Olha quantas peças!


 Vai ficar muito bom


Apesar do motor 1200 cm³ e do câmbio funcionando em dia, ela está aposentada dos dias de carregar peso e carga. Então nada melhor que um motor 1600 cm³ e um câmbio a altura para rodar bem, principalmente em viagens longas.


Será que funciona bem!?! Admissão gelando


Olha que lindos!


E essa é a Nicole, a filha de Fábio, ela é a mais animada com a reforma, ela ama a kombi e vive falando que quer um pincel para pintar a Maria!

Em breve ela estará nas ruas.

Cangaceiros VW's de Pernambuco

9 comentários:

epaul (Magé/RJ) disse...

Muito legal a kombi, ele vai gastar uma boa grana para deixar nos moldes originais pois hoje as peças estão cada vez mais caras e raras de ser encontradas de boa qualidade, mas vai ficar muito bonita com certeza.

Fabio Nani disse...

Valeu amigo Anderson...

Eu não teria descrito melhor a situação atual da Maria.

O esforço tanto de documentação como de peças realmente tem sido árduo. Como disse nosso amigo de Magé (comentário acima), peças de boa qualidade são raras e caríssimas.

O objetivo é PASSEAR MUITO com a família e os amigos, então o projeto tem esse foco, não de restauro nos moldes originais. Será mantida toda a identidade visual de época, mas com melhorias internas que proporcionarão conforto e segurança.

Muitas destas peças já estão instaladas... E muito em breve... ESTRADA!!!

Stefan Welkovic disse...

Devia deixar o motor 1200!

Jessé R. disse...

Quero ver pronta! Também estou de olho em uma alí. Parabéns...

Jessé R. disse...

Quero ver pronta! Também estou de olho em uma alí. Parabéns...

Fabio Nani disse...

Olá Stefan.

Meu amigo, pensei muito antes de me decidir por trocar o motor. Estou reformando a Maria com o intuito de rodar muito, lenso até em ir para fora do pais. Com uma mecânica da decada de 60, alem de muito custosa, terei um problema na reposicao de pecas. Imagine ter um pbroblema num interior longinquo... Irei sofrer com certeza!

Não considerei a troca para ter um carro mais potente, para correr mais. Estou trocando porque e fato que um motor com maior torque se desgastará menos a longo prazo.

Não so o motor mas tambem elétrica, direção, suspensão e câmbio, tudo será atualizado... Enfim, nostalgia somente na aparência pois ela nao será um carro empoirado de garagem!

Muitas duvidas pairam no ar. Acompanhe essa evolução e fique a vontade para contribuir com sua opinião.

Abraço

Fabio Nani disse...

Pois é Jessé, pense bastante mesmo antes de pegar.

É realmente um carro lindo mas quando se fala em Kombi o custo de tudo é multiplicado. Não é fácil levantar um carro desse, nesse estado.

Tomara que a que vc está de olho esteja inteirona... E bora pegar estrada!

igor disse...

Essa é esperada por todos do bando!

Fabio Nani disse...

Um outro churrasco pra montagem já está sendo planejado... aguardem! ;)