quarta-feira, 17 de junho de 2015

Adaptando sistema de esguicho elétrico no fusca

Todos nós temos muitas prioridades na hora de equipar o fusca ou mesmo para fazer sua manutenção ou ainda instalar alguns acessórios ou itens exclusivos, mas sempre organizamos as coisas em ordens de prioridade (maior prioridade à menor prioridade) e esquecemos, ou não damos atenção àqueles itens, partes ou sistemas que são considerados como secundários. O sistema de esguicho e lavador de parabrisa é um deles.

Aqui vamos mostrar como fazer a adaptação de um sistema elétrico, de maneira simples porém eficiente. Aliás, bem mais eficiente do que os sistemas não elétricos originais.

É importante comentar aqui, pra que todos entendam os motivos da reversão de um sistema pressurizado original pra um elétrico, que há vários sistemas para o lavador do parabrisa nos fuscas e derivados, mas nem todos são eficientes. Importante esclarecer também que o foco deste post não é apresentar a originalidade destes sistemas, mas sim a informação sobre uma melhoria. Aos que buscam a originalidade com finalidade de obter a placa preta é fundamental buscar estas informações em matérias com mais detalhes, mas para quem quer melhorar o fusca, pode seguir este esquema.

A volkswagen instalou, em seus modelos refrigerados a ar, alguns tipos de sistemas de lavador de parabrisas, sendo direto ("saco de bode" ou "mamadeira"), e os pressurizados acionados pelo botão no painel ou por uma bombinha no pé.

Quem dirige ou já dirigiu um fusca sabe que estes sistemas não são nada bons, falham muito por haver algum tipo de despressurização, além de ter que ficar bombeando com pisadas freneticamente até sair um pouco de água no brucutu.

Para eliminar estas dores de cabeça e ter um sistema que realmente funcione (e pra poder passar na vistoria do Detran) eu fiz a adaptação no meu fusca 74, o Danado. Abaixo, um esquema básico que fiz com base na instalação que adaptei.

Este é um esquema básico da adaptação do sistema elétrico com elementos universais.
Para que fique melhor a visualização, a seguir vou mostrar como fiz com o Danado, mostrando alguns detalhes a mais que mantiveram a aparência original do carro, de certa forma.

Uma visão geral de como ficou o sistema instalado (eu removi as conexões de entrada de ar do painel pra melhor visualização)
Eu utilizei um reservatório universal de partida a frio pelo fato de ser mais resistente do que um reservatório de água convencional e por ser menor e ter formato ideal pra colocar em qualquer local do porta malas.
Utilizei este mecanismo de botão acionador tipo "start" pra instalar no lugar do cabo do afogador, mas aproveitando o furo no painel e o botão original.
A capa do botão do afogador, original, encaixa perfeito no pino do acionador do mecanismo do botão.
Local, por dentro do porta malas, onde instalei o mecanismo do botão.
Precisei aumentar o diâmetro do furo do painel em 1mm, aproximadamente, pra conseguir encaixar a rosca do mecanismo do botão acionador.
Depois de instalado
E com o botão encaixado. Dessa maneira consegui manter o visual original do painel.
O mecanismo do botão acionador por dentro do porta mala.
A fixação do reservatório, apesar de não parecer, não foi feita diretamente na caixa do porta luvas. Eu construí um suporte horizontal com uma barra de alumínio e encaixei por trás da fita metálica vertical que prende a caixa do porta luvas. O reservatório eu parafusei neste suporte horizontal que fabriquei.
Como indicado no esquema anterior, a ligação do negativo da bomba universal com a carcaça do carro para aterramento.
Ligação primária do positivo da bomba direto no conector do mecanismo do botão.
Do outro conector do mecanismo do botão, conectei um fusível de 5A somente pra segurança.
Do conector do fusível, liguei direto na saída do fusível 7 (pós chave).

Devo informar que eu fiz a conexão do fio no fusível 7 por saber que o Danado tem uma chave de contato no negativo da bateria, assim não corro o risco de alguma fuga de corrente enquanto o carro estiver desligado. Este fio também pode ser conectado no fusível 8, que não precisa de chave de contato na bateria, eliminando qualquer risco de eventual fuga de corrente que possa descarregar a bateria enquanto o fusca estiver desligado.
Depois de tudo instalado, a aparência do porta malas em nada mudou, pois o papelão cobre perfeitamente o reservatório.
No painel a mesma coisa. Não houve alteração visual nenhuma e tudo permanece como original.

Por fim, pra quem quiser entender melhor esse esquema, segue um vídeo que postei no youtube mostrando esse esquema funcionando.


Como foi comentado anteriormente, essa é uma solução simples e muito eficiente para melhorar a dirigibilidade do fusca. Quem está buscando a originalidade, não é essa a solução, apesar do ótimo resultado. 

Devo lembrar que este foi a adaptação que eu fiz em meu fusca, mas cada dono pode fazer as modificações que mais lhe agradem e até mesmo este esquema elétrico pode ser feito de outras maneiras. Por exemplo, o botão pode ser colocado no pé, onde originalmente fica a bombinha nos modelos 76 em diante. Ou com o botão fixado abaixo do painel. Enfim, este é apenas um esquema simplificado de como o sistema funciona, a criatividade é o limite!

Esperamos que este material possa ser útil como foi a mim e que todos possam usufruir de um fusca com pleno funcionamento em todos os seus componentes!

Cangaceiros VW

6 comentários:

André Vignon disse...

ÓTIMO! Muito obrigado, me ajudou muito!

Anderson disse...

Parabéns Igor, ficou muito bom cara!

gui.magno06 disse...

Show de bola!!! Vou trocar a bombinha do pé.. Que fica sempre vazando.. 😉

Um homem na estrada disse...

Boa tarde amigo,

eu fiz também no meu, porém, como era a alcool e foi convertido para gasolina, eu utilizei a bomba original do injetor de gasolina, assim como o reservatório. O botão utilizado foi do mesmo modelo.

da Guia disse...

Parabéns! Onde posso encontrar esse mecanismo que ficou perfeito com o botao do painel original. O que eu comprei não consigo encaixar o botão. Segui o seu esquema e deu tudo certo.

da Guia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.